top of page
  • Foto do escritorGut Simon

[Ep.3] O mito da "ideologia de gênero"

Por que falar de infância LGBTI+ ainda é um tabu? De que forma o fundamentalismo usa a infância como alavanca para o seu projeto político?

Zeca Carú de Paula, Carolina Iara, Amara Moira e Allie Terassi participam do segundo episódio da websérie "Ciclo de Conversas Semente de Vida"

No 3º episódio da série "Ciclo de Conversas Semente de Vida: alianças progressistas LGBTI+ contra o discurso religioso fundamentalista", Allie Terassi, Amara Moira, Carolina Iara e Zeca Carú de Paula debatem as infâncias que não se enquadram na hétero-cis-norma e os mecanismos de controle dos corpos e das subjetividades – que o fundamentalismo chama de "natural aos olhos de Deus".


O diálogo "Infâncias LGBTI+ e a tentativa de apagá-las: o mito da ideologia de gênero na extrema direita" aborda o debate mais silenciado de todos os tempos e contextualiza o avanço das políticas anti-trans no Brasil e no mundo. Assista clicando no vídeo abaixo:



Sobre as pessoas debatedoras:


Allie Terassi | Cristã de tradição evangélica, estudante de Ciências e Humanidades e Relações Internacionais na Universidade Federal do ABC e pesquisadora em performances de corpos não-binários e Estudos Queer a partir de Judith Butler. Atualmente, integra a coordenação do Evangélicxs Pela Diversidade em São Paulo, atuando com articulação institucional e advocacy.


Carolina Iara | CoDeputada Estadual eleita pela Bancada Feminista do PSOL, com 259.771 mil votos e Mestra em Ciências Sociais na UFABC; também foi CoVereadora de São Paulo (2020-2022). É mulher intersexo, travesti, negra, vive com HIV. É candomblecista filha de Ossain e Iansã.


Zeca Carú de Paula | Conjurador de inimagináveis, multi-artista e poeta. É Doutorando em Psicologia clínica pela PUC-SP e pesquisa a construção de espaços clínicos e de cura que se fazem além do tempo colonial. Autor de “Ynundação (um conjuro)”, compôs o coletivo Slam Marginália entre 2018 e 2021 e coordenou o programa Acolhe LGBT, da ONG All Out.


Amara Moira (mediação) | Travesti, feminista, doutora em teoria e crítica literária pela Unicamp e autora dos livros "E se eu fosse puta" (hoo editora, 2016), "Vidas Trans" (Astral Cultural, 2017) e "Neca + 20 Poemetos Travessos" (O Sexo da Palavra, 2021). Além disso, ela é colunista da BuzzFeed e do UOL Esporte e professora de literatura no cursinho pré-vestibular Descomplica.


Sobre a websérie:

A convite do livro Semente de Vida, aconteceu na NAVE Coletiva da Mídia NINJA um encontro inédito com ativistas LGBTI+ e especialistas em sexualidade e gênero, direitos humanos, política e teologia. Entre os dias 20/09 e 11/10, sempre às quartas-feiras, você confere na íntegra os quatro diálogos que marcaram esse encontro.


Apoio Institucional:

Casa Galiléia, CEBI (Centro de Estudos Bíblicos), Editora Saber Criativo, Evangélicxs pela Diversidade, Fundação Luterana de Diaconia (FLD), ISER (Instituto de Estudos da Religião), Mães pela Diversidade, Maranha Filmes, Mídia NINJA, Mulheres EIG, NAVE Coletiva, Novas Narrativas Evangélicas, Planeta Foda, Rede Nacional de Grupo Católicos LGBT e Revista Senso.


🎥 Produção Audiovisual: Maranha Filmes

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page